Fonte: GE |

A fusão completa da Baker Hughes com a GE Oil & Gas cria a primeira e única empresa de petróleo e gás fullstream do mundo

A empresa estará exclusivamente posicionada para impulsionar a produtividade, reduzir custos e inovar globalmente para os seus clientes

Mudar de forma disruptiva é o novo padrão do setor de petróleo e gás

LONDRES, Reino Unido, 4 de julho 2017/APO/ --

A Baker Hughes (https://BHGE.com), a GE (www.GE.com) company (NYSE: BHGE), anunciou hoje que a transação que combina o negócio de petróleo e gás da GE com a Baker Hughes está completa. A nova empresa é a primeira e única a reunir equipamentos, serviços e soluções digitais líderes do setor em todo o espectro de desenvolvimento de petróleo e gás.

A partir de hoje, a BHGE ajudará seus clientes a adquirir, transportar e refinar hidrocarbonetos de forma mais eficiente, produtiva e segura, com impacto reduzido no meio ambiente e menor custo por barril. A BHGE estará concentrada em:

  • Fornecer uma oferta fullstream. Nenhuma outra empresa reúne capacidades em toda a cadeia de valor de atividades de petróleo e gás - de upstream para midstream e downstream. Este portfólio posiciona a BHGE para criar novas fontes de valor, melhorando a produtividade e a economia de projetos através de equipamentos integrados e ofertas de serviços.
  • Combinar o físico e o digital para aumentar a confiabilidade e o tempo de atividade. Aplicar tecnologias digitais e avançadas para o petróleo e o gás pode trazer cerca de cinco por cento de melhorias de produtividade em toda a indústria. A BHGE utilizará software conectado a nuvem, fabricação avançada e soluções inteligentes nas fábricas para ajudar seus clientes a capturar algumas dessas oportunidades, reduzindo os riscos e melhorando a produtividade tanto nas operações dos clientes como nas suas próprias.
  • Criar novas formas de vencer. A tecnologia líder da BHGE e o acesso ao conhecimento, experiência e pesquisas da GE – também chamado de “GE Store” – significam que a empresa poderá trazer mais soluções inovadoras para o mercado. A BHGE aprofunda sua vantagem competitiva através de parcerias locais de longa data, modelos de negócios criativos e acesso a soluções de financiamento.
  • Tirar proveito da herança para criar uma cultura de primeira classe. A BHGE reúne mais de 125 anos de talentos experientes na indústria com uma mentalidade de melhoria contínua para atender clientes em mais de 120 países. A Baker Hughes e a GE são reconhecidas mundialmente pelo seu compromisso com a integridade, inovação, simplificação e diversidade, e a BHGE compromete-se novamente com esses princípios.

Lorenzo Simonelli, presidente e CEO da Baker Hughes, a GE company, disse: “Mudar de forma disruptiva é o novo padrão do setor de petróleo e gás. Criamos a BHGE porque os clientes dessa indústria precisam suportar a volatilidade, trabalhar de forma mais inteligente e trazer energia para mais pessoas. Nossa oferta é diferenciada de qualquer outra no setor, e permite e auxilia nossos clientes a gerar produtividade, minimizando custos e riscos.

Sr. Simonelli continuou, “A BHGE tem tecnologias e experiência comprovadas, aliada ao espírito de uma startup, e nossa equipe de liderança aguarda ansiosa para demonstrar rapidamente os pontos fortes da nova empresa. Nosso foco é integrar nossos negócios de forma rápida e transparente, para que possamos gerar valor de longo prazo para todos os nossos stakeholders.

Jeffrey Immelt, presidente e CEO da GE, disse, “A BHGE pode ajudar os clientes a serem mais produtivos em qualquer ciclo, especialmente nos dias de hoje. É um acordo inteligente para todos os nossos clientes, acionistas e funcionários. Lorenzo e sua equipe são líderes de classe global e se concentrarão em acelerar a capacidade da empresa de ampliar a estrutura digital de um modo que os clientes da indústria de petróleo e gás nunca viram antes. A conclusão da transação marca uma nova era no setor, e estou extremamente orgulhoso do foco, dedicação e diligência de nossa equipe, que resultou na conclusão dessa fusão em apenas oito meses”.

A integração das empresas na Rússia será concluída após o recebimento da aprovação regulamentar russa.

Preparados para o sucesso

A organização global da BHGE é projetada para alcançar a continuidade do negócio, minimizar a interrupção e cumprir e superar os objetivos de desempenho. Ela traz escala global e adapta suas capacidades para as necessidades locais de seus clientes. Em números, isso se resume a:

  • Aproximadamente 70.000 pessoas
  • Operações em mais de 120 países
  • Quatro negócios (Product Companies) - Serviços de campos petrolíferos, Equipamentos de campos petrolíferos, Turbomáquinas e soluções de processos, e soluções digitais – além de 24 linhas de produtos e segmentos
  • Duas sedes: uma em Houston, TX, e outra em Londres, UK

Clique aqui (http://APO.af/KVJeL3) para ver mais detalhes da empresa.

A sua equipe executiva altamente experiente, que se baseou no talento e expertise inerentes a ambas as empresas anteriores, está bem posicionada para orientar e apoiar a organização para o sucesso. Como anunciado anteriormente, o Presidente da GE, Jeff Immelt, está atuando como Presidente do Conselho de Administração da Baker Hughes, a GE company, e Martin Craighead, ex-Presidente e CEO da Baker Hughes, é Vice-Presidente do Conselho.

Clique aqui (https://BHGE.com/our-company) para saber mais sobre liderança executiva e as equipes de governança.

Negociação na Bolsa de Valores

Ações ordinárias Classe A da Baker Hughes, a GE company, começarão a operar na Bolsa Valores de Nova York (NYSE) sob o símbolo BHGE na abertura da NYSE do dia 5 de julho de 2017. Em conexão com a conclusão da transação, as ações ordinárias da Baker Hughes Incorporated (NYSE: BHI) continuarão a ser negociadas na NYSE até o fechamento da NYSE de hoje, 3 de julho de 2017, momento em que a BHI será retirada da NYSE.

Os acionistas da Baker Hughes, imediatamente antes do fechamento da transação, receberão uma cota de ações ordinárias Classe A da Baker Hughes, a GE company, e também terão direito a um dividendo especial único em dinheiro de US$ 17,50 por cota (a ser pago no dia 6 de julho de 2017). Após o fechamento da transação e durante o dia de negociação de hoje, 3 de julho de 2017, a Baker Hughes será cotada na NYSE pelo valor do dividendo especial único em dinheiro de US$ 17,50 por cota. Como resultado, uma pessoa que comprar uma cota das ações ordinárias da Baker Hughes após o fechamento da transação no dia 3 de julho de 2017 estará comprando o direito de receber uma cota de ações ordinárias Classe A da Baker Hughes, a GE company, e o direito de receber o dividendo especial único em dinheiro de US$ 17,50. Por outro lado, quem vender uma cota de ações ordinárias da Baker Hughes no dia 3 de julho, ou antes do dia 3 de julho de 2017, estará vendendo esses direitos e não receberá o dividendo especial único em dinheiro de US$ 17.50 condizente a tal cota. Para obter mais informações sobre a transação, os acionistas são encorajados a acessar a página do investidor em www.Investor.bhge.com

Saiba mais

Distribuído pela APO Group em nome de GE.

Contatos:
Relações com a mídia: 
• Stephanie Cathcart, +1 202 637 4108, Stephanie.Cathcart@BHGE.com
• Melanie Kania, +1 713 439 8303, Melanie.Kania@BHGE.com

Relações com o investidor:
• Philipp Mueller, +1 281 809 9088, investor.relations@BHGE.com

Sobre a Baker Hughes, a GE company:
A Baker Hughes (https://BHGE.com), a GE company (NYSE: BHGE) é a primeira e única fornecedora fullstream de produtos e serviços petrolíferos integrados e soluções digitais. Nós combinamos mentes e máquinas para melhorar a produtividade, segurança e gestão ambiental de nossos clientes, enquanto minimizamos os custos e riscos em cada etapa da cadeia de valor da energia. Com operações em mais de 120 países, nós reunimos mais de um século de experiência com o espírito de uma startup - inventando formas mais inteligentes de oferecer energia para o mundo.
Acesse https://BHGE.com.

Atenção às declarações prospectivas:
Este documento contém “declarações prospectivas” - ou seja, declarações relacionadas a eventos futuros, e não passados. Neste contexto, declarações prospectivas muitas vezes abordam nosso futuro desempenho de negócios e financeiro esperado e condição financeira, e, muitas vezes, contêm palavras como “esperar”, “antecipar”, “pretender”, “planejar”, “acreditar”, “buscar”, “ver”, “será”, “seria”, “estimar”, “prever” ou “almejar”.
Declarações prospectivas por natureza abordam assuntos que são, em diferentes graus, incertos, como declarações sobre o nosso crescimento futuro, nossas futuras ofertas de produtos e serviços e seus respectivos desempenhos, e a integração da GE Oil & Gas à Baker Hughes.

Para nós, incertezas específicas que poderiam fazer com que nossos resultados reais fossem materialmente diferentes dos expressos em nossas declarações prospectivas, incluem: (1) custos 
inesperados, encargos ou despesas resultantes da fusão da GE Oil & Gas com a Baker Hughes; (2) incerteza com relação ao desempenho financeiro esperado da BHGE após a conclusão da fusão; (3) falha em realizar os benefícios antecipados com relação à fusão, inclusive como resultado da demora na integração dos negócios da GE Oil & Gas com a Baker Hughes; (4) a habilidade da BHGE de implementar sua estratégia de negócios; (5) dificuldades e atrasos na obtenção de sinergias de receita e custo da BHGE; (6) inabilidade de reter e contratar pessoal-chave; (7) o risco de que o litígio de acionistas em conexão com a combinação ou outros acordos ou investigações possa resultar em custos significativos de defesa, indenização e responsabilidade; (8) evolução de regimes legais, regulamentares e fiscais; (9) mudanças nas condições gerais de economia e/ou específicas do setor, incluindo mudanças no preço do petróleo; (10) ações de terceiros, incluindo agências governamentais; (11) os fatores de risco na seção intitulada “Fatores de risco” da Declaração de registro no Formulário S-4 (número do arquivo 333-216991) inicialmente arquivado na Comissão de Valores Mobiliários dos EUA no dia 29 de março de 2017 e declarado efetivo no dia 30 de maio de 2017, e (12) outros fatores de risco como detalhados de tempos em tempos nos relatórios da BHGE arquivados na SEC [Securities and Exchange Commission (Comissão de Valores Mobiliários)]. Estas outras incertezas podem fazer com que nossos resultados futuros reais sejam materialmente diferentes dos expressos em nossas declarações prospectivas. Nós não nos comprometemos em atualizar as declarações prospectivas.

Nossas comunicações públicas e os registros da SEC podem incluir determinadas informações financeiras projetadas que se baseiam em estimativas e previsões atuais. Os resultados reais podem diferir materialmente.